Pular para o conteúdo

O que você acha de fortalecer o sistema imunológico e prevenir a formação de asterosclerose?

Então coma abacate!

Nos últimos anos o abacate vem sendo muito falado devido seus grandes benefícios a saúde principalmente devido o alimento ser rico em ômega-3, que atua como antioxidante e melhora o controle do colesterol e diminui o risco de doenças cardiovasculares, além de melhorar a saúde do cérebro.

Além do ômega-3, o abacate é uma fonte rica de nutrientes e vitaminas que trazem equilíbrio para a alimentação. Ele é rico em sais minerais como potássio, ferro, cálcio e magnésio, além das vitaminas A, C, E, K e vitaminas de complexo B.

Benefícios do abacate

Um dos ótimos benefícios do abacate é que ele aumenta a absorção de carotenoides do corpo. Os carotenoides atuam como antioxidantes e precursores da vitamina A, que é essencial para a saúde dos olhos.

Abacate faz bem para o coraçãoAo contrário do colesterol ruim (LDL) o colesterol bom (HDL) é responsável pela proteção das artérias, com isso o consumo regular de abacate contribui para o aumento do colesterol bom o que protege as artérias e consequentemente diminuindo as chances do desenvolvimento de alguma doença cardiovascular.

Justamente por ajudar no aumento do colesterol bom faz com que o abacate tenha uma ação anti-inflamatório o que é ótimo para pessoas que sofrem com inchaços, desconfortos e vermelhidões devido a artroses, reumatismos e gotas.

Além disso, o abacate também ajuda combater a artrite que é uma doença inflamatória que leva à dor intensa nas articulações e outros problemas. E justamente os componentes do abacate ajudam a combater a inflamação causada pela artrite.

Por ser rica em vitamina B6 faz o abacate ser um ótimo remedio para impotencia feminino, isso porquê o alimento controla a produção do hormônio prolactina nas mulheres, esse hormônio é um dos responsáveis pela infertilidade feminina e, com seus níveis mais baixos, permite que a mulher aproveite melhor o sexo.

Abacate para quem pratica atividade físicaPara quem faz musculação ou qualquer outra atividade física, comer abacates evita a fadiga muscular porque combate os radicais livres que surgem devido ao exercício intenso, provocando o envelhecimento das células e facilitando o aparecimento da dor.

Além disso, o abacate ajuda na hipertrofia muscular, pois fornece energia para o treino e contém proteínas que ajudam na recuperação do músculo.

O abacate é um importante alimento também para mulheres grávidas, isso porquê ele ajuda prevenir doenças congênitas como problemas no sistema nervoso e espinha bífida, que é o mau fechamento da coluna vertebral do feto. Tudo isso é possível devido o abacate ser rico em ácido fólico.

Como falado no começo do artigo, o abacate é rico em ômega-3 que é um importante alimento para melhorar a saúde do cérebro. Uma dieta rica nesse nutriente melhora a capacidade de memória porquê estimula a circulação sanguínea e aumentar a capacidade de concentração.

Como complemento desse artigo, veja o vídeo que mostra mais benefícios do abacate:

Uma dica interessante para quem gosta de maionese é fazer uma de abacate que é 100% natural e nutritiva. Veja a receita:

Vitaminas do complexo BAs vitaminas B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9 e B12 são as chamadas vitaminas do complexo B.

Elas atuam no processo de absorção de carboidratos, proteínas e gorduras, atuando ainda na manutenção da vitalidade da pele, cabelo, unhas, bem como na manutenção do tônus muscular.

No vídeo abaixo é mostrado mais detalhes desse tipo de vitamina:

Vitamina B1

A tiamina, muito conhecido como vitamina B1 é importante para produção de ácido clorídrico e para a formação do sangue. Tem importante função no metabolismo dos carboidratos.

Os sintomas principais das falta da vitamina B1 são fadiga, depressão, anorexia e instabilidade emocional. Podem aparecer também sintomas gastrointestinais e insuficiência cardíaca.

Os alimentos ricos em vitamina B1 são: aveia, levedura de cerveja, sementes de girassol, amendoim, carne de porco assada, castanha de caju torrada e castanha do pará.

Vitamina B2

Também conhecida como riboflavina. Esse tipo de vitamina do complexo B alivia a fadiga ocular e é importante na prevenção e tratamento da catarata. Participa do metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas.

Além disso, ela é importante para o organismo porque ajuda a aumentar a produção de sangue, a manter o metabolismo adequado, a favorecer o crescimento e a prevenir problemas no sistema nervoso e de visão, como a catarata.

As principais fontes de vitamina B2 são: leite integral, ovo cozido, espinafre, fígado de boi, iogurte, amêndoas e queijo minas frescal.

Vitamina B3

A niacina, vitamina B3, é conhecida como ácido nicotínico, a vitamina B3 é necessária para a circulação adequada e pele saudável. Ela também contribui com o bom funcionamento dos sistemas cardiovascular e nervoso.

As principais fontes de vitamina B3 são: fígado, bacalhau, atum, sardinha, farelo de arroz, farelo de trigo, gergelim, abóbora, batata-doce, goiaba, pêssego e amendoim.

Vitamina B5

A vitamina B5 é muito conhecida pelo seu efeito contra o estresse. A falta de vitamina B5 no organismo pode provocar queda de cabelo e pelos além de produzir sensação de mal-estar e fraqueza.

Esta vitamina é necessária para produzir esteroides vitais e cortisona na glândula supra-renal e é um elemento essencial da coenzima A.

Os alimentos ricos em Vitamina B5 são o abacate, frango, salmão, cogumelo, sementes de girassol e fígado.

Vitamina B6

Os alimentos ricos em vitamina B6 são importantes principalmente para o bom funcionamento do cérebro e para a formação das células do sangue.

É interessante informar que essa vitamina é chamada também de piridoxina. A banana, castanha, melancia, espinafre cru, fígado, avelã, batata assada, suco de ameixa e frango cozido são as principais fontes de vitamina B6.

Vitamina B7

Essa vitamina desempenha funções importantes no corpo como manter a saúde da pele, dos cabelos e do sistema nervoso. Ela também ajuda melhorar o controle da glicemia em casos de diabetes tipo 2.

Essa vitamina pode ser encontrada em alimentos como fígado, rins, gema de ovo, cereais integrais e nozes, além de também ser produzida pelas bactérias benéficas da flora intestinal.

Vitamina B9

Acompanhada da vitamina B12 participa da síntese do DNA (acido desoxirribonucleico), componente dos cromossomas.

A vitamina B9 também pode ser chamada de ácido fólico, esse por sua vez é imprescindível nos processos de divisão e multiplicação celular, sendo as suas necessidades aumentadas quando da gravidez.

Alimentos como milho, ervilha, peixes, fígado de boi, gema de ovo, cenoura, brócolis, feijão, lentilha e amendoim são ricos nesse tipo de vitamina.

Vitamina B12

A vitamina B12 age na prevenção da anemia, auxiliando ainda na formação e manutenção da longevidade das células. Atua ela diretamente auxiliando na absorção dos alimentos, síntese de proteínas e metabolismo de carboidratos e lipídeos.

Essa vitamina pode ser facilmente encontrada em alimentos como peixes, carnes, ovos, queijo e leite, e é importante para estimular a produção de células do sangue, do DNA e para manter a saúde do sistema nervoso.